Assisted hatching

Cultivo com baixa tensão de oxigênio

A cultura de embriões em laboratório foi realizada regularmente com uma concentração de oxigênio atmosférico (20%), enquanto em condições fisiológicas naturais esse percentual é de cerca de 2-8%.

A alta tensão de oxigênio pode ter efeitos prejudiciais no desenvolvimento de embriões e causar anormalidades em seu DNA, o que leva a um risco aumentado de interrupção do desenvolvimento embrionário, falhas na implantação e abortos espontâneos. Por esse motivo, nos laboratórios da FIV Marbella, a cultura embrionária é realizada em condições semelhantes às do útero da mãe.

A cultura de baixa tensão de oxigênio é aplicada em todos os nossos tratamentos.

Em QUE
CONSISTE

A eclosão assistida é um processo realizado em laboratório. Com a ajuda de uma microagulha especial ou um laser, fazemos um corte na membrana externa do embrião (conhecida como “zona pelúcida”) para permitir a eclosão do blastocisto.

quando é
indicado

A técnica é indicada nos seguintes casos:

  • Espessura excessiva da zona pelúcida.
  • Embriões pré-vitrificados, nos quais a zona pelúcida endureceu.
  • Falhas de implementação anteriores.